Escolha uma Página

Principais funções de um gestor de canais de venda

25 out, 2019Gestão

Principais funções de um gestor de canais de venda

25 out, 2019 | Gestão

O gestor de canais de venda, dentro do setor de materiais para construção, exerce diversas funções importantes. Veja abaixo quais são suas principais atividades.  

Papéis do gestor de canais de vendas  

Assumir Riscos – Os gestores de canais de vendas devem assumir os riscos para que seus parceiros de negócios estejam sempre satisfeitos. 

Deve sempre atender às reivindicações dos distribuidores e acompanhar todas suas ações desde a compra de produto, até a venda ao cliente final. 

Também deve perceber como estão os resultados das vendas de seus parceiros de negócios, se eles estão tendo lucros ou prejuízos e auxiliar na medida do possível, já que para manter as parcerias, seus parceiros precisam estar satisfeitos com seus resultados.  

Financiamento – os gestores de canais de venda também precisam estar presentes nas negociações entre fornecedores e distribuidores de seu canal de venda. 

Muitas vezes seus parceiros de negócios não têm condições de comprar produtos de seus fornecedores porque as vendas não andam bem ou porque não têm capital de giro disponível. 

Nesses casos, por exemplo, é papel do Gestor de Canais, se possível, financiar as despesas de seus parceiros de negócio para que não haja quebra na cadeia de suprimentos, e seus distribuidores possam assumir os riscos de adquirir mais produtos ou serviços de seus fornecedores.  

Distribuição física de mercadorias – analise qualquer empresa orientada a canais e você descobrirá que existem diferentes modos de alcançar o cliente final. A empresa é responsável por entregar o produto ao membro do canal. Mas é função dos membros do canal garantir que as mercadorias sejam distribuídas ao cliente final o mais cedo e em ótimas condições.  

Negociações – Todas as negociações com os clientes finais são feitas pelos membros do canal e a empresa não participa. Depois que um produto é comprado pelo membro do canal, ele pertence ao membro do canal e a venda do mesmo depende também do membro do canal.  

Gerenciamento de estoque – O distribuidor ou revendedor deve corresponder ao estoque que está em demanda no mercado e que está em seu estoque.

Ele não deve encomendar material que não está sendo vendido no mercado, pois isso bloqueará o estoque e as finanças dos revendedores.  

Contatos – Manter contatos com clientes existentes, estabelecer contatos com clientes em potencial e compartilhar o mesmo com a empresa é um trabalho dos revendedores de canal.

Várias empresas também permitem que seus revendedores mantenham um CRM e o utilizem para reter clientes.

Promoções – As promoções não são feitas apenas no nível da empresa ou da marca, também devem ser realizadas no nível do canal.

Sempre que um revendedor ou distribuidor deseja criar mais conhecimento da marca e informar os clientes sobre o ponto de compra da marca, ele usa marketing e promoções para atrair clientes.

Essa é, de fato, uma função inerente dos membros do canal – aumentar as vendas em sua localidade.  

Informações – A coleta de informações sobre clientes em potencial, a concorrência e o rastreamento dos fatores ambientais também é função do membro do canal.

Ele está intrinsecamente envolvido na elaboração de estratégias de marketing para a empresa, porque sem as informações do membro do canal, a empresa não pode se mover na direção certa.  

Como podemos ver, quanto mais especializado for um membro do canal, melhor ele será o desempenho em qualquer uma das funções acima mencionadas. Além disso, as funções são tais que podem ser alteradas dentro de vários membros do canal. 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest