Escolha uma Página

O que é um produto?

28 out, 2019Guia

O que é um produto?

28 out, 2019 | Guia

Pode-se dizer que um produto é um bem, serviço ou ideia que consiste em um conjunto de atributos tangíveis e intangíveis que satisfazem os consumidores e são recebidos em troca de dinheiro ou alguma outra unidade de valor. Mas, na prática, a ideia de produto varia com a perspectiva de cada empresa.

As organizações orientadas para a produção encaram um produto como uma manifestação de recursos usados para produzi-lo e as organizações orientadas para o marketing veem um produto da perspectiva do consumidor final como um pacote de benefícios funcionais e emocionais.

Assim, eles terão que ver como seus consumidores veem seus produtos. A maioria das organizações percebeu que não há necessidade de preparar um mix de marketing para produtos que ofereçam poucos benefícios aos consumidores, pois esses produtos são mais difíceis de vender.

Portanto, podemos dizer que um produto é um conjunto de atributos físicos, químicos e/ou intangíveis que têm o potencial de satisfazer as necessidades atuais e potenciais dos clientes.

Além do próprio bem físico, outros elementos incluem garantia, instalação, acessórios, embalagem, envio e serviço pós-venda.

Tipos de produtos

1) Diferenciado

O produto diferenciado possui uma distinção de outros produtos/marcas similares no mercado. O diferencial reivindicado pode ser “real”, com uma distinção real em ingrediente, qualidade, utilidade ou serviço, ou pode ser “psicológico” causado por sutis apelos de vendas.

À medida que a concorrência aumenta, as empresas lançam produtos diferenciados para que possam ter condições de vender melhor e gerar mais valor para o cliente.

2) Personalizado

No produto personalizado, os requisitos específicos do cliente são levados em consideração durante o desenvolvimento da mercadoria ou serviço.

É geralmente praticado no marketing de produtos industriais, em que o fabricante e o usuário estão em contato direto.

3) Aumentado

O produto aumentado é o resultado de melhorias voluntárias promovidas pelo fabricante para aumentar o valor da mercadoria, que não são sugeridas pelo cliente nem esperadas por ele.

O profissional de marketing por si só aumenta o produto, adicionando uma facilidade extra ou um recurso extra ao objeto.

Isso é mais comum no mercado de smartphones, no qual mais e mais tecnologias são introduzidas apenas porque o fabricante é capaz de fornecê-la.

Muitos clientes nem sequer os exigem, mas o aumento dá valor aos produtos da empresa.  

4) O produto potencial

O produto potencial é a mercadoria do futuro, aquele que traz todas as melhorias e requintes possíveis sob condições tecnológicas, econômicas e competitivas fornecidas.

Não há limites para o “produto potencial”. Somente os recursos tecnológicos e econômicos da empresa estabelecem o limite.

A realidade virtual, por exemplo, que era uma mercadoria em potencial, agora é realidade, assim como as viagens espaciais, que são uma tendência do futuro.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest