Escolha uma Página

Um guia completo para o Facebook Marketplace

31 jan, 2020Distribuição, Estratégias, Guia

Um guia completo para o Facebook Marketplace

31 jan, 2020 | Distribuição, Estratégias, Guia

É nesse momento que as redes sociais se tornam mais efetivas em vendas online. Por exemplo, o Facebook Marketplace funciona com sucesso em 50 países, ajudando a vender produtos localmente para uma base de clientes qualificada e bastante segmentada.

O comércio eletrônico é um negócio que vem crescendo ao longo dos últimos anos. É uma ótima maneira de os pequenos empreendedores economizarem dinheiro em instalações físicas e comercializarem seus produtos em ambientes virtuais.

Com o marketplace, qualquer vendedor pode facilmente expandir seus negócios em nível global e atingir um número cada vez maior de clientes potencias, independente de seu segmento de atuação.

No entanto, vender em marketplaces comuns exige a superação de alguns desafios. Por exemplo, as pessoas não querem gastar tempo e dinheiro registrando-se em vários marketplaces e elaborando várias listas de produtos para cada plataforma.

Como isso começou?

Os usuários do Facebook já usam a plataforma para fins comerciais há muito tempo. Desde o surgimento do Facebook, vários usuários já criavam grupos específicos para a comercialização de produtos, que sempre foram muito ativos e continuam sendo ainda hoje.

Até 2016, o número de pessoas que vendiam e compravam regularmente no Facebook atingiu 450 milhões e foi por esse motivo que os responsáveis pelo Facebook decidiram facilitar o processo e criaram o marketplace.

Inicialmente, esta plataforma estava disponível apenas para cidadãos dos EUA, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia, inclusive o aplicativo do Facebook para iPhone e Android. Porém, em função de seu sucesso e popularidade, foi expandido para 50 países, inclusive em uma versão para desktop.

Além disso, foram criadas outras categorias de produtos a serem comercializados e hoje existem usuários do Marketplace que comercializam, além de produtos pequenos, veículos, propriedades, entre outros.

A conferência anual do Facebook, realizada em abril de 2019, trouxe ótimas notícias para a comunidade de vendedores do Facebook. Em pouco tempo, as pessoas poderão enviar itens do Marketplace para qualquer lugar nos EUA e pagar por suas compras diretamente no Facebook.

facebook marketplace

Como usar o Facebook Marketplace?

A navegação no marketplace é extremamente simples. Você pode encontrar um ícone de loja no seu aplicativo ou na versão da área de trabalho.

Se você deseja vender um item, clique no botão “+”. O vendedor precisa tirar uma foto de um item, adicionar sua descrição e preço, confirmar um local e salvar a listagem. A oferta é gratuita. A listagem deve seguir as políticas da comunidade. Caso contrário, não será aprovado pelos moderadores.

Os compradores podem procurar itens específicos ou navegar por categorias. Eles podem usar filtros para selecionar a localização, preço, classificação e outros detalhes do vendedor.

É fácil encontrar as ofertas mais próximas a você, o que permite economizar no transporte. Você também pode adicionar algumas listas aos favoritos e comprá-las mais tarde.

Os compradores e vendedores podem se comunicar via Messenger ou trocar seus números de telefone de contato.

 Atualmente, as duas partes precisam concordar com o modo de pagamento e envio sem qualquer ajuda da plataforma.  

Isso deverá ser mudado no futuro. No entanto, muitas pessoas acham isso bastante seguro, pois têm acesso aos perfis umas das outras.

Dicas para comercializar seus produtos com eficiência

Use fotos reais dos produtos. Preste atenção na iluminação justa do produto e o fundo adequado. Mostre vários ângulos de um produto e não se esqueça de se atentar aos detalhes das imagens e suas imperfeições.

Escreva uma boa descrição de seus produtos.  Antecipe quais detalhes os compradores poderão ter interesse para comprar seus produtos. Liste-os imediatamente, para que você não receba muitas perguntas posteriormente.

  • Inclua certificados relevantes, manuais e documentos disponíveis sobre cada produto que pretende comercializar.
  • Escolha um preço competitivo comparando ofertas semelhantes em sua região.
  • Não compartilhe muitos detalhes pessoais. Seja especialmente cuidadoso com as informações bancárias.  
  • Encontre-se em locais públicos para concluir uma transação. Não traga estranhos para casa sem necessidade.
  • Verifique a classificação para ver se o vendedor/comprador é confiável.
  • Se você é um vendedor, responda perguntas de clientes com rapidez e honestidade.

Prós

  • É simples e gratuito de usar;
  • Você sabe de quem está comprando ou vendendo. Não apenas o nome, mas também seu perfil pessoal está disponível ao público;
  • Você pode verificar se possui amigos em comum;
  • A rede social é extremamente popular, assim você terá acesso a uma enorme base de clientes e a uma ampla gama de vendedores;
  • O feedback aqui é altamente personalizado;

Contra

  • Não há soluções de pagamento ou opções de remessa disponíveis no momento;
  • As listagens precisam ser atualizadas manualmente. Não há fechamento automático do negócio;
  • Você pode encontrar muitos vendedores falsos;
  •  A compra aqui é de sua responsabilidade pessoal;
  • O Facebook não é um mediador;

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest